Homeopatia   .   Currículo   .   Publicações   .   Notícias   .   Contato  
Notícias
07
jun
Hiperhidrose x Bromidrose

Homeopatia é um modo de tratamento benéfico ao paciente, muito eficaz e não é tão lento como se comenta. Em alguns casos, há resposta rápida e duradoura, além de evitar que pacientes sejam submetidos a procedimentos cirurgicos eletivos precocemente. Um exemplo disto é a hiperhidrose.

Hiperidrose é a produção de suor desproporcional às necessidades fisiológicas para a regulação da temperatura corporal, ou seja, o paciente transpira demais. Esta costuma piorar em períodos de calor ou durante estresse emocional, mas muitos destes pacientes transpiram a todo momento, sem que haja fator desencadeante aparente. As áreas mais atingidas são a palma das mãos, a planta dos pés, axilas, região inguinal e perineal. Normalmente, é uma condição primária, entretanto existem algumas doenças e medicamentos que podem causar uma sudorese excessiva.

Em geral, o suor não tem cheiro desagradável, mas, frequentemente, a hiperhidrose cursa com bromidrose (odor desagradável), por causa da proliferação de bactérias que utilizam os componentes do suor e restos celulares como substrato alimentar. Apesar de não ser uma doença grave, hiperidrose/bromidrose pode ser incômoda e atrapalhar a vida social e profissional dos pacientes chegando a levar a depressão.

O tratamento homeopático é seguro, duradouro e apresenta ótimos resultados. Com a visão global do paciente, associando aspectos físicos e emocionais, é possível escolher o melhor medicamento para esta patologia. A homeopatia busca o equilibrio emocional e físico com a redução da transpiração e odor. Deve-se lembrar que algumas orientações também são importantes como lavar pelo menos duas vezes ao dia a região que exala o mau odor, não repetir roupas suadas, melhorar a alimentação, não fumar e não ingerir bebidas alcoólicas.